segunda-feira, 19 de setembro de 2016

DESILUSÃO AMOROSA ♥


“Desilusão amorosa é se apaixonar por um sapato que não tem o seu número.”

Quem não teve uma desilusão amorosa? Se não teve um dia vai ter. Isso faz parte da nossa história, qualquer ser humano está propício a ter uma desilusão. Até porque é com as nossas desilusões amorosas que amadurecemos e damos valor a realmente quem precisa ser amada (o), ou seja, nós mesmas. Não tem esse papinho de “te amo mais que eu mesma” epa, parou garotinha (o)?! Jamais, jamais pense isso, ame-se primeiro que depois você vai aprender a amar o próximo.
Sabe aquele momento de tristeza, raiva, dor e amargura? Junte tudo nesse momento e faça disso uma “proteção, uma armadura”, faça com que esses seus sentimos vire estímulos para você seguir em frente e mostrar que você é mais forte que esses sentimentos bad. É normal chorar nos primeiros dias, mas chorar por 15 dias, 1 mês ou a vida toda. Não vale a pena queridinha. Pergunte-se “será que vale a pena mesmo sofrer?”.
A gente vive a procura de um amor perfeito, porque inconscientemente temos a necessidade de nos sentir amado. A gente se decepciona com alguns amores, porque assim percebemos que nem tudo é perfeito. A gente põe culpa da imperfeição do amor, porque não queremos admitir, que é nosso esse tal erro.
O desenvolvimento do amor é dividido em três partes: paixão, desilusão e aceitação da realidade.
_Gabriel Rolón

Não se deixe levar para o caminho da frieza, é uns dos piores caminhos a se seguir. A frieza gera uma armadura de gelo com ferro, uma mistura de sentimentos, que não deixa você abrir a porta do seu coração para outras pessoas, se torna uma pessoa amarga, sem sentimentos. Isso torna tudo mais difícil quando o assunto é o AMOR.  Leve um pensamento para o resto da sua vida “as promessas de hoje nem sempre é a realização do amanhã”, nem sempre que prometemos em um momento de paixão, de felicidade, conseguimos realiza-las. Consegue compreender o que estou querendo falar? Sabe aquelas frases “prometo te amar para sempre, nunca vou te deixar”? Pronto, jamais fale “nunca”, pois um dia pode acontecer, e o sempre um dia acaba. Seja realista no seu relacionamento, pois caso um dia vinher acabar você não sofrerá tanto por causa de uma “desilusão amorosa”, eu sei que hoje em dia é raro você não construir sonhos com a pessoa amada, construa sonhos mais seja realista.
Eu acredito que tudo acontece por uma razão. As pessoas mudam para que você possa aprender a viver sem elas, as coisas dão errado para que você possa apreciá-las quando elas dão certo. Você acredita numa mentira pra você aprender a não confiar em ninguém, além de você mesmo. E às vezes, as coisas boas desmoronam para coisas melhores acontecerem. Mais sorrisos e menos lágrimas, mais desapego e menos drama. Ter alguém pra dividir é lindo, mas transformar o ter-alguém numa necessidade é triste, porque a maioria dos alguéns só subtrai, suga vida, sonhos, amor. Mas sabe o que é lindo também? Se completar.
Não chores por uma desilusão amorosa, por que se você se iludiu não foi um amor verdadeiro.”
_Romário Oliveira
Espero que tenham gostado do texto de hoje, esse texto é para uma amiga minha que vive se lamentando por um erro no passado que afastou o seu amor. Amiga não fique assim, “às vezes, as coisas boas desmoronam para coisas melhores acontecerem”.

Beijos,

Até logo

Nenhum comentário:

Postar um comentário